Please reload

Notícias Recentes

FORMAÇÃO EM BIOSSÍNTESE - Natal/RN

12/01/2020

1/2
Please reload

Notícia Destaque

Cantar para prematuro acalma e melhora a saúde do bebê e da mãe, diz pesquisa

15/04/2016

O método canguru combinado com canções de ninar pode salvar a vida de recém-nascidos com baixo peso

 

 

 

 

Para prematuros, ouvir a voz da mãe cantando suavemente enquanto ela o segura contra a sua pele pode trazer uma série de benefícios para a saúde da criança. E, claro, para a saúde da própria mãe. A conclusão é de um estudo realizado no Meir Medical Center, em Israel, e se apresenta como uma nova forma de ajudar a salvar a vida das crianças que nascem precocemente.

No período de outubro de 2011 a março de 2012, foram analisados 86 pares de mães e bebês internados em UTI neonatal. Todos eles nasceram entre quatro e oito semanas mais cedo do que o previsto. Durante o período de dois dias, as mães deveriam utilizar o método canguru, que preconiza o contato pele a pele, enquanto cantavam para seus bebês. As sessões eram feitas em um quarto silencioso e a respiração, a temperatura corporal e os batimentos cardíacos eram monitorados pelos especialistas.

 

Nos primeiros e nos últimos dez minutos da terapia, que durava ao todo meia hora, cada bebê recebia apenas o contato pele a pele da mãe. A canção de ninar, que deveria ser cantada na língua nativa da mãe, acontecia nos 20 minutos intermediários.

Como resultado da terapia maternal, os batimentos cardíacos do bebê melhoraram quando as mães cantavam durante o método canguru. Além disso, os níveis de ansiedade da mãe baixam consideravelmente. “Nós notamos que muitas mães querem falar ou cantar para seus bebês durante o método canguru, é um traço natural de sentimento de amor e carinho com a criança”, escreveu na Ata Pediatrics Shmuel Arnon, um dos autores do estudo. "Esta terapia segura, barata e de fácil execução salva vidas e pode ser aplicada durante todo o atendimento neonatal.”

O Brasil é o décimo país onde nascem mais prematuros. Dados apresentados no relatório Prematuridade e suas possíveis causas, apoiado pela Unicef, mostram que a prevalência de partos de crianças prematuras é de 11,7% em relação a todos os partos realizados no país. Esse percentual é semelhante a países considerados de baixa renda.

 

FONTE: http://revistacrescer.globo.com/Bebes/Saude/noticia/2014/08/cantar-para-prematuro-acalma-e-melhora-saude-do-bebe-e-da-mae-diz-pesquisa.html

Please reload

Siga

© 2016 Rita Machado